Carta Traduzida de Mary para Elizabeth

Postado por Victoria

Esta carta foi escrita para Elizabeth durante o tempo em que Mary ficou reclusa no castelo de Lochleven depois de sua derrota em Carberry Hills. Mary achava que sua prima iria lhe ajudar com seu pedido de socorro mas Elizabeth não o fez. A carta original foi escrita em Francês.

“Senhora, minha boa irmã
O comprimento da minha exausta prisão, e os erros que tenho recebido daqueles em quem tenho conferidos tantos benefícios, são menos irritante para mim do que não tê-lo em meu poder para familiarizá-lo com as realidades de minhas calamidades e as lesões que têm sido feitos para mim de várias maneiras. Possa agradar-te que você lembre que tu me disse várias vezes “Ao receber o anel que você me deu, você iria me ajudar em qualquer tempo de angústia”. Você sabe que Lorde James apreendeu tudo o que tenho. Melville, a quem enviou muitas vezes secretamente para este anel, como a minha jóia mais preciosa, diz que ele não ousa deixar-me tê-lo. Portanto, eu te imploro para ter compaixão de sua boa irmã e prima, e acredito que você não tem um familiar mais afetuoso do mundo.

Rogo que você tome cuidado para que ninguém saiba que eu vos escrevi, porque iriam me fazer ser tratada pior do que eu sou agora. Eles se gabam de que seus amigos na corte os informam de tudo se eu tentar apelar para você. Deus lhe mantenha longe de males, e conceda-me paciência e Vossa Graça que eu possa um dia contar minhas calúnias para si mesmo, quando eu vou lhe dizer mais do que me atrevo a escrever, a ousadia de pertubar seu descanço. 

Sua agradecida e afetuosa boa irmã e prima,na minha prisão na Lochleven.”

O anel que Mary se refere na carta pode ter sido um presente da própria Elizabetp ou de alguém que ela tinha muito afeto, explicando por isso explicisso o pedido fervoroso na carta.