Mary Stuart e Catherine de Medici

Postado por Staff PRBR

A relação entre Mary e Catherine na série é uma das favoritas entre os fãs. Ambas se odiavam no começo, houveram tentativas de assassinato e, então, viraram amigas. Para depois se odiarem de novo. Para se apoiarem. E o ciclo se repete!

Mas como será que era a relação de Mary e Catherine na vida real?

Mary chegou na França durante sua infância, e logo em sua chegada as duas não se deram bem. Catherine entrou abruptamente na sala onde Mary se encontrava e ficou olhando ela e as outras crianças. Mary instantaneamente não gostou dela, assim como muitos outros, e por não saber com quem falava perguntou se ela sabia que estava na presença da Rainha da Escócia. Catherine simplesmente perguntou se ela própria sabia que estava na presença da Rainha da França. Diane, amante do rei, era a responsável pela educação dos filhos de Catherine e de Mary também. Mary se dava muito bem com Diane, o que pode ter prejudicado ainda mais sua relação com Catherine.

https://rainhastragicas.files.wordpress.com/2015/12/catherine-de-medici-and-diane-de-poitiers.jpg?w=550&h=362

Ao se tornar Rainha da França, Mary passou a receber o respeito requerido por sua posição pela parte de Catherine. Francis, com sua saúde debilitada e personalidade tímida, dependia muito de Mary em diversas situações e via nela uma companheira que aumentava sua auto-estima, e e isso dava a ela muito poder. Mas isso não duraria muito tempo, já que Francis morreu após um curto ano de casamento. Os tios de Mary, da família De Guise, sugeriram que Mary se casasse com o irmão mais novo de Francis, Charles, para que pudesse manter o título de Rainha da França, ou que se casasse com Don Carlos da Espanha, um jovem debilitado e mentalmente instável. Catherine não apenas negou veementemente a oferta de casamento com Charles como também destruiu os planos com Don Carlos a oferecer a mão de sua filha Margaret ao filho do Rei, que viu a proposta como mais benéfica.

Após alguns meses, Mary voltou para a Escócia. Enquanto seu navio se afastava da costa francesa, Mary falou: “Adeus querida França, acredito que nunca a verei novamente.”¹ Sua tristeza estava justificada, considerando que nunca voltou ao país, viva ou morta.

Fontes:

The World of  Mary, Queen of Scots 

¹Facts | Marie-Stuart

Catherine de Medici | CooksInfo