Entrevista de Adelaide Kane para a TVLine!

Postado por Staff PRBR

Depois de um hiatus de 4 meses, Reign volta para a CW para terminar sua 3º temporada – e dar adeus a um personagem muito querido pelos fãs.

“É uma pena, mas Bash não tem muita tração na Escócia”, diz Adelaide Kane para a TVLine sobre o personagem de Torrance Coombs, que não estará de volta para a 4º temporada. “A história dele vai em breve chegar a uma conclusão, e o personagem dele tem outras coisas a explorar que não precisam necessariamente aparecer nas telas. Torrance tem também muitas coisas excitantes acontecendo em sua carreira, ao invés de trabalhar dois dias por semana em nossa série. Estou muito feliz por ele, e vou sentir saudades. É agridoce quando alguém que tem estado com você por toda a jornada sai para fazer coisas maiores e melhores sozinhos.”

Infelizmente, não parece que Mary vai ter muito tempo para se preparar para a partida de Bash, já que vai estar ocupada jogando sua própria Guerra dos Tronos.

“O foco principal de Mary é só voltar para a Escócia e tentar reestabelecer seu poder em casa”, explica Kane. “Ela vai tentar se estabelecer como rainha em um país que não visita desde que tinha seis anos de idade. Ela está realmente tentando se adaptar para a Escócia.“

E por mais difícil que seja ver amigos de longa data e cenários antigos desaparecerem, Kane quer que os fãs lembrem-se de que – historicamente falando – este é apenas o começo da história de Mary.

“É um capítulo novo, um país novo e uma corte nova. Vai haver novos amigos e novos inimigos. Estamos preparando grandes enredos na 4º temporada. A vida de Mary não começou de verdade antes de ela ir para a Escócia. França foi um intervalo adorável, mas apenas uma pequena parte da vida dela.”

E como se tudo acima não fosse suficiente, “Ela vai ter também que fazer a difícil decisão de com quem se casar”, Adelaide antecipa.

 

Tradução da entrevista exclusiva de Reign para a TVLine!

Tradução por Larissa Lopes. Não reproduza sem créditos. (Lei nº 9.610, título II, capítulo I, art. XI)